RECUPERAR:

Canabinóides na Dor Crónica

A utilização de medicamentos, preparações e substâncias à base da planta da canábis para fins medicinais, foi aprovada em Portugal, em 2018, o que intensificou a discussão em torno destas novas alternativas terapêuticas.

Uma vez que a dor crónica é uma das indicações consideradas pelo Infarmed para a sua utilização, sentimos enquanto especialistas no tratamento da dor, a obrigação de refletir sobre este tema.

A partir da revisão da literatura disponível foi elaborado um documento, que expressa a posição da APED para a utilização de canabinoides em dor crónica, com várias recomendações dirigidas aos profissionais de saúde. Foram consideradas as “Guidelines” de outras sociedades científicas, para a discussão de questões
consideradas pertinentes.

Este documento reúne também as opiniões de consenso dos participantes do VII Encontro das Unidades de Dor, promovido pela APED, em 2019.

Poderá consultar o Position Paper APED em https://www.dor.pt, no Volume 27, Número 1, da revista.